O LINHO

O que é o linho?
O linho é o tecido vegetal mais antigo da história do homem. 
É feito a partir das hastes da planta de linho e era um têxtil amplamente utilizado e muito importante antes do algodão e outras fibras. 
A fibra era fundamental para a antiga sociedade egípcia, reverenciada pelas tribos de Israel, produzida na Irlanda do século XII e hoje tem muitos mercados bem estabelecidos em toda o mundo.
Desde então, o linho se integrou na sociedade como um tecido de luxo, bem como uma ferramenta utilitária, usada para pano de vela, redes de pesca e cordas. 

Linho: um conceito sustentável
O linho está entre os tecidos mais ecológicos que existem, pois quase não há desperdício de material durante a confecção dos fios posto que o que não é utilizado pode ser aproveitado em outras indústrias, como papel e cosméticos, e o próprio cultivo é renovável, não inutilizando a terra onde é plantado.

Para produzir o tecido de linho, apenas as melhores fibras são usadas, mas outras partes não são desperdiçadas, e,  justamente por isso, o tecido de linho é considerado ecológico e a planta de linho é muito apreciada. 
As partes remanescentes – sementes de linhaça, óleo, palha e fibras de baixa qualidade são usadas na produção de uma ampla gama de produtos: sabão, óleo saudável a papel e até mesmo ração para gado.
Apesar, de não se tem a data exata de quando a fibra do linho começou a ser tecido pelo homem, mas há registros que comprovam o seu cultivo desde 2.500 a.C., pelos egípcios.
Os antigos egípcios dotavam o tecido de significado simbólico como uma representação da pureza e o chamavam de “luar tecido”. Eles consideravam o linho como um símbolo de “pureza” e “luz”.

O linho no Brasil
No Brasil, há apenas pequenos produtores centrados na produção da semente do linho, a linhaça, que tem seu óleo utilizado no preparo de tintas, esmaltes e vernizes.
No mercado nacional, durante a década de 80, o puro linho Braspérola ganhou novas tramas, cores e estampas. Alice Tapajós e Andréa Saletto explodiram nas passarelas e fizeram um enorme sucesso na moda brasileira, agradando principalmente as executivas.
Na época, o estilista Georges Henri também foi eleito e citado nas colunas sociais da época

Lavoura de Linho em Guarani das Missões, Rio Grande do Sul.


A produção de linho
A produção de linho têxtil no mundo se concentra na Europa e na Rússia, e a melhor fibra considerada é a de origem Belga.
As fibras de linho são produzidas ainda na Europa Ocidental, em lugares como a Polônia, Áustria, França, Alemanha, Dinamarca, Lituânia, Letônia, Holanda, Itália, Espanha, Suíça, Grã-Bretanha e Kochi na Índia.
Outro centro de produção de linho é a Irlanda. Os fenícios trouxeram linho para a Irlanda antes da Era Comum, mas um sistema estabelecido para a produção de linho não foi totalmente desenvolvido até o século XII.
Em 1711, o governo estabeleceu o Conselho de Administração dos Fabricantes de Linho da Irlanda e como centro de multa. produção de linho de luxo, Belfast ganhou o nome de “Linenopolis”.
Tanto o cultivo quando o processo de produção da fibra são muito caros e, consequentemente, o preço final do produto também é elevado.
O Linum Usitatissimum (nome científico) é uma planta herbácea que chega a atingir um metro de altura. Logo, é composto basicamente de uma substância fibrosa da qual são extraídas as fibras longas para a fabricação de tecidos e da superfície lenhosa.
A segunda palavra do seu nome científico – Usitatissimum-  em latim aparentemente significa “mais útil” e isso nos permite adivinhar quão importante esta planta deve ter sido para os povos antigos. 

Linum Usitatissimum
Descobertas recentes de fibras de linho tingidas e com nó em uma caverna pré-histórica na República da Geórgia mostram que a planta já era usada por seres humanos de épocas incrivelmente precoces – 30.000 a.C, como muitas outras culturas importantes e plantas domésticas, floresceram originalmente no Oriente Médio, onde é amplamente cultivado.
Muito mais forte e resistente que a fibra de algodão, o linho tem alto poder absorção e tingimento, porém baixo poder de resiliência – amassa com facilidade.
A Europa é o principal produtor de linho, sendo a Bélgica o país que produz o de melhor qualidade.
Entenda sobre o Linho: tecido clássico por sua beleza e durabilidade, feito com fibras longas e resistentes extraídas da planta do mesmo nome e super fresco.

 
 
 
Enviamos suas compras

Frete fixo para todo o País

Pague como quiser

Cartões de crédito ou PIX (com desconto)

Compre com segurança

Seus dados sempre protegidos